ÚLTIMAS NOTÍCIAS /

AMP mobiliza Prefeitos do Paraná em favor da unificação das eleições no país.

Terça-feira, 11 de junho de 2019

Visualizada 28 vezes

Unificação deve gerar economia de mais de 3 bilhões de reais por eleição.


Mais de 100 prefeitos do Paraná participaram na última semana em Brasília, de uma reunião convocada pelo Presidente da AMP, Darlan Scalco, para cobrar da bancada federal do Estado, manifestação de apoio à PEC 56/2019, que propõe eleições únicas no país para todos os cargos a partir de 2022.

 

A proposta de emenda à Constituição é de autoria do Deputado Federal de Santa Catarina, Rogério Peninha Mendonça, que acredita que a unificação das eleições no país, baseado na constitucionalidade da proposta, deve gerar uma economia de mais de 3 bilhões de reais por pleito.

 

O encontro foi conduzido pelos presidentes da AMP (Associação dos Municípios do Paraná), o Prefeito de Pérola, Darlan Scalco, e da CNM (Confederação Nacional de Municípios), Glademir Aroldi.

 

Darlan afirmou que a proposta é de interesse de todos, visto que além da economia gerada, o sistema atual com eleições a cada dois anos, enfraquece as estruturas democráticas do país e acaba se tornando algo desgastante para o eleitor. “Não se trata de um interesse político unificar as eleições. Trata-se de responder aos anseios da sociedade que não suporta mais o atual sistema que leva os eleitores às urnas a cada dois anos. Além disso, o país vive um momento de forte crise econômica e está proposta de emenda à Constituição aponta uma economia de mais de 3 bilhões de reais a cada pleito eleitoral. Valores que poderiam ser investidos em setores prioritários de gestão pública” destacou.

 

Entre os apoiadores da PEC 56, na bancada federal do Paraná, estão os senadores Oriovisto Guimarães e Flávio Arns. Ambos defenderam a proposta tendo em vista que o valor economizado a cada eleição, poderia ser direcionado aos municípios para ser aplicados em ações que beneficiem a população. 

 

Os deputados Sérgio Souza, Aline Sleutjes, Luísa Canziani e Vermelho, que também marcaram presença na reunião, se posicionaram a favor da aprovação da PEC e se comprometeram a defender a proposta no Congresso. Outros deputados que não puderam comparecer à reunião, também já manifestaram apoio a proposta, como é o caso dos deputados Luiz Nishimori, Zeca Dirceu, Luciano Ducci, Hermes Parcianello e Filipe Barros.

 

O Presidente da CNM, Glademir Aroldi, grande apoiador da PEC 56, informou que todos os estados da União estão se mobilizando em torno da proposta e que a manifestação de apoio a está PEC, vem crescendo fortemente tanto no segmento político como na sociedade civil em geral, principalmente porque, segundo estudos da CNM, a unificação das eleições poderá em menos de 10 anos gerar uma economia superior a 10 bilhões de reais aos cofres públicos da nação.

O Presidente da AMP, Darlan Scalco, encerrou a reunião com prefeitos e a bancada federal do Paraná, agradecendo o apoio incondicional recebido do Presidente da CNM, Glademir Aroldi, do relator do projeto na Câmara dos Deputados, Deputado Valdenir Pereira e dos presidentes das Associações de Municípios dos estados de Goiás, Paulo Sérgio de Rezende (Paulinho) e de Pernambuco, José Patriota. “A união de todos a favor desta PEC, demonstra a importância desta pauta para o país. Tivemos eleição no ano passado e teremos novamente ano que vem. Isso é bom para as políticas públicas que beneficiam as pessoas mais necessitadas do país? Não. Porque os orçamentos não dialogam. O ideal é que fossem feitos no mesmo ano, alinhamento entre os Poderes, com economia e agilidade” finalizou.

 

No mesmo dia, ao final da tarde, o Presidente da CCJ (Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania) Deputado Felipe Francischinni, recebeu o Presidente da AMP Darlan Scalco, o relator da PEC 56, Deputado Valdenir Pereira e demais prefeitos do Paraná e afirmou que vai trabalhar com seus pares para que a proposta de emenda à Constituição possa ser acolhida sem que nenhum líder de partido vote pela obstrução da proposta e seja de início observado apenas a constitucionalidade da pauta.

Fonte: Assessoria de Imprensa

 Outras Notícias

HORÁRIO DE ATENDIMENTO: Segunda à Sexta-feita: Segunda a Sexta das 08:30 às 11:30 - 13:00 às 17:00