ÚLTIMAS NOTÍCIAS /

Ações para o combate ao Escorpião Amarelo são intensificadas

Quinta-feira, 15 de agosto de 2019

Visualizada 107 vezes


Por ser a primeira cidade da região a disparar o alerta sobre a presença do escorpião amarelo no Município e informar dos riscos que ele oferece a população, a cidade de Pérola recebeu nesta semana a visita de representantes das Regionais de Saúde de Umuarama e Campo Mourão que se reuniram com membros da Vigilância Sanitária das cidades de Pérola e Altônia, para capacitar as equipes no combate, manejo, captura e na erradicação deste animal.

Por representar um grande perigo para o ser humano, principalmente para crianças e idosos, logo quando foi encontrado o primeiro escorpião amarelo na cidade, a Secretaria Municipal de Saúde de Pérola disparou alertas através das redes sociais, dos veículos de comunicação local, e das visitas dos agentes de endemias, com a finalidade de orientar a população sobre os cuidados que deveriam ser tomados com este animal, onde poderiam ser encontrados e sobre as formas de combatê-lo.

O Escorpião Amarelo é considerado o mais venenoso de toda a América do Sul e o terceiro mais venenoso do mundo e para se reproduzir não há a necessidade da presença de um macho e uma fêmea, o que facilita a sua dispersão.

A Chefe de Divisão de Vigilância em Saúde da 12ª Regional de Saúde de Umuarama, Camila Fúrio Tormena, acompanhada dos representantes da 12ª RS, Marcos Rodrigo Silva e José de Almeida Rocha e do Inspetor da 11ª RS de Campo Mourão, Reginaldo Leal, reuniram os membros do Departamento de Vigilância Sanitária das cidades de Pérola e Altônia onde os escorpiões já foram encontrados, para instruí-los sobre as ações que devem ser desenvolvidas para identificar os possíveis criadouros, a forma de combate, manejo e captura do animal e ainda como devem orientar a polução sobre os cuidados a serem tomados caso encontrem o animal em sua propriedade.

O Inspetor da 11ª RS, Reginaldo Leal, considerado um especialista no assunto, passou o período da manhã reunido com as equipes de Pérola e Altônia, para destacar algumas peculiaridades do animal, os locais de sua preferência para reprodução, os riscos de sua picada e onde podem ser encontrados o soro antiescorpiônico para inibir os efeitos do veneno do escorpião. Mais a tarde, o inspetor acompanhou as equipes de Pérola e Altônia em uma “busca ativa” que foi realizada em locais considerados como prováveis criadouros do animal na cidade, para orientar sobre as maneiras e os cuidados que deveriam ser tomadas na caça ao escorpião. Após as investidas de buscas nestes locais, a equipe constatou e capturou três escorpiões que foram levados para a 12ª Regional de Saúde em Umuarama.

Camila Fúrio Tormena, disse que o Governo do Estado está tomando todas as medidas necessárias para combater este animal tão nocivo à população. Camila reforçou que o apoio da comunidade é essencial para que o trablahdo de controle deste animal surta efeitos na sociedade. “Não podemos trabalhar sozinhos. Poder Público e Sociedade Civil devem juntos tomar os cuidados e as providências necessárias para expulsar este animal que não é bem-vindo em nosso meio e pode com sua picada levar uma pessoa a morte” destacou.

O Chefe da Vigilância Sanitária de Pérola José Ferla, informou que as equipes de endemias do Município estão realizando buscas ativas por toda a cidade em locais que são considerados favoráveis para a procriação do escorpião. José Ferla informou que o escorpião pode utilizar de locais com mato alto, entulhos, lixo jogado em locais abertos, empilhamentos de materiais de construção em geral e quintais sujos como seus criadouros. “Estamos executando as buscas para erradicar esse animal em nossa cidade, mas precisamos do auxílio e do apoio da comunidade para vencer essa batalha” finalizou.

A Secretaria Municipal de Saúde elaborou e está distribuindo em toda a cidade alguns panfletos com medidas de combate e prevenção para que a população esteja sempre em alerta e tome os cuidados necessários para evitar qualquer tipo de acidente com este animal.

Fonte: Assessoria de Comunicação

 Outras Notícias

HORÁRIO DE ATENDIMENTO: Segunda à Sexta-feita: Segunda a Sexta das 08:30 às 11:30 - 13:00 às 17:00